Moda: Renda

Criada na França em meados do século XIV e, inicialmente, usada somente por clérigos para vestes de cerimônias religiosas a renda, tecido-tendência das últimas estações começou a ser realmente usada no inicio do século XVI.Com a popularização do tecido, países como França, Inglaterra, Bélgica, Hungria e Irlanda se tornaram grandes produtores de renda. O tecido foi introduzido na corte francesa por Catarina de Médici. Na época, o tecido fez tanto sucesso que quase todas as vestimentas eram feitas do mesmo, o que causou um grande prejuízo para os cofres públicos e resultou na proibição da renda pelo rei.






O tecido leve e com transparência, dá charme para qualquer produção e pode ser combinado com qualquer estilo, basta saber compor o visual.

moda renda deixa o look muito mais feminino, romântico e com um toque de sensualidade bem discreta.


Então, para não ficar na mesma, há combinações atípicas com a delicadeza do tecido, gerando um ar de moderninho na produção. De modelagens com jeitinho retrô a outras mais sexy, ajustadas à silhueta, os vestidos de renda preta são uma boa opção para festas e até para a balada. Para deixar a produção mais descontraída, combine com legging!Quer deixar a renda mais moderna e não parecer uma noiva, aposte em modelagens diferentes, como o ombro único, e complementos como cintos, coletes e sandálias abotinadas.

Cheia de charme retrô, a renda aparece em produções moderninhas sem deixar de ser delicada. Além disso, ela tem tudo a ver com a tendência da moda boudoir (lê-se budoar), palavra francesa usada para definir peças inspiradas no universo das lingeries.



e todas as formas, há rendas que nem são rendas de verdade.A maioria feita de couro recortado como renda ou uma estampa, por exemplo, enganam até uma olhar bem apurado, o que não pode ser considerado uma coisa ruim, pois quando se fala em moda democrática, tudo está valendo.


 Sobreposição da renda sobre o nude dá a ilusão de uma falsa transparência, que tem super a ver com o universo boudoir! Vale até brincar com os estilos e misturar a delicadeza da renda com o peso de uma jaqueta de couro, essas coisas.





Durante o dia: O ideal é optar por rendas menores e por peças com detalhes em renda somente nas mangas, ou decotes . Também aposte no branco e nos tons clarinhos.

Para a noite: Invista em sobreposições de rendas no look inteiro ou apenas evidenciando alguma parte do corpo.
renda também pode aparecer como na meia-calça, nas bolsas e sapatos. Tons neutros como nude, cinza, e rosa caem bem durante a noite, principalmente se aparecerem no vestido de renda.



No Brasil, a renda foi trazida pelos portugueses e era do tipo bilros, sendo até hoje a renda artesanal mais popular do país, produzida, na maioria das vezes, por mulheres de pescadores e descendentes de portugueses. Atualmente, a renda é usada em praticamente tudo, como vestidos, sapatos, shorts e blusas. 




Beijinhos!

6 comentários:

  1. Achei muito boa essa postagem ! Não sabia de onde vinha a renda ! Sou suspeita para falar da renda , particularmente adoro .
    Seu blog é lindo ! Seguindo !
    Se puder seguir o meu fico feliz ! :)
    www.unluxe.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho difícil encontrar uma mulher que não goste, né?
      Beijão flor ;)

      Excluir
  2. Adoro renda, dá um toque super elegante a qualquer look.;D
    Mua mua.
    laetitiasweeneyrose.wordpress.com

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...